Em Brasília, Tião Viana trata dos apagões de internet no interior do Acre

Publicado em 31/05/2017 - 22:41

“Em 45% dos casos tem havido vandalismo com corte dos cabos entre Manoel Urbano e Feijó. Teremos mais cabos e ação policial firme, sem tolerância com esse absurdo”, disse o governador (Foto: Cedida)

“Em 45% dos casos tem havido vandalismo com corte dos cabos entre Manoel Urbano e Feijó. Teremos mais cabos e ação policial firme, sem tolerância com esse absurdo”, disse o governador (Foto: Cedida)

O governador Tião Viana se reuniu nesta quarta-feira, 31, em Brasília, com o diretor de relações institucionais da operadora de telefonia e internet Oi, João Antônio Tavares. Eles conversaram sobre os apagões de internet no interior do estado e discutiram as soluções que estão sendo tomadas para a melhoria dos serviços.

A Oi está presente nos 22 municípios do Acre e afirma ter investido R$ 4,5 milhões na melhoria dos serviços só no primeiro trimestre deste ano. Ainda assim, de janeiro a maio de 2017, houve nove interrupções dos serviços devido ao rompimento do cabo ótico que atende esses municípios.

Segundo levantamento da empresa, quatro desses eventos foram causados por vandalismo, o que obrigou a substituição de 500 metros de cabo. O último desses atos ocorreu dia 13, quando o cabo foi cortado próximo a Manoel Urbano. As equipes da Oi enviadas ao local restabeleceram o serviço rapidamente, mas logo depois, no mesmo dia, ele voltou a ser cortado, num trecho a três quilômetros do anterior, prejudicando o fornecimento dos serviços aos clientes.

“Em 45% dos casos tem havido vandalismo com corte dos cabos entre Manoel Urbano e Feijó. Teremos mais cabos e ação policial firme, sem tolerância com esse absurdo”, disse o governador Tião Viana durante o encontro.

João Antônio Tavares afirmou ao governador que parte dos investimentos previstos para este ano será aplicada na adoção de medidas destinadas a proteger a rota contra rompimentos causados por acidentes naturais e, principalmente, pela ação de vândalos.

“Já estamos atuando nesses trechos em que há vandalismo e agora contando com o apoio do governador Tião Viana e do sistema de segurança pública. E temos um projeto de uma segunda rota de fibra ótica para atender a região. Estamos apenas aguardando a aprovação pelas autoridades federais e pretendemos dar início a instalação já no segundo semestre”, comenta Tavares, que lembrou que hoje a banda larga em Rio Branco é atendida por três vias, reduzindo drasticamente os apagões de internet na capital.

Por Samuel Bryan

Fonte agencia.ac.gov.br

Comentários