Nazareth Araújo prestigia homenagem à Mariazinha Leitão, referência na luta contra Alzheimer no Acre

Publicado em 24/11/2017 - 03:37

Competência, perseverança, amor ao próximo, ser solidária, essas são algumas características da profissional Maria Leitão, presidente da Associação Brasileira de Alzheimer (ABRAz).

Mariazinha, como é popularmente conhecida, foi homenageada na manhã desta quinta-feira, 23, pela Central de Articulação das Entidades de Saúde (Cades) em virtude dos serviços prestados à ABRAz/Rio Branco e à Cades. A homenagem foi prestigiada pela vice-governadora Nazareth Araújo.

Mariazinha recebeu homenagem da vice-governadora Nazareth Araújo e dos funcionários e pessoas de seu convívio social (Foto: Val Fernandes)

Durante a solenidade, Mariazinha recebeu uma menção honrosa nominada de “Prêmio Pela Vida”, que retrata toda a dedicação pelas pessoas e famílias com parentes que sofrem de alzheimer.

“Sou grata ao reconhecimento dos trabalhos desenvolvidos, mas isso só ocorreu com a ajuda de amigos e parceiros que são comprometidos em ajudar ao próximo, pois esse é meu legado, proporcionar auxílio a essas pessoas que sofrem de alzheimer”, ressaltou Maria Leitão.

Ela diz ainda que o grande desafio é conscientizar e alertar a sociedade sobre a importância do diagnóstico precoce da doença. “Nosso lema é: Quanto Antes Saber, Mais Tempo Terá para Lembrar”, afirma.

Para a Nazareth Araújo, é uma grande honra poder contar com a parceria da Cades e em específico da ABRAz, que tem na sua coordenação uma pessoa que alinha conhecimento, técnica e o amor em serviço de uma causa.

A vice-governadora destaca ainda que, é muito gratificante o fato da homenageada ter representado o Brasil em um seminário internacional sobre alzheimer, ocorrido no início do mês de novembro. “Tivemos a Marinhazina representando não só o Acre, mas também todo o Brasil, na República Dominicana, debatendo formas de tratamentos e compartilhando experiências que ela mesmo adquiriu ao tratar pacientes com a doença”, afirmou.

Conquista

A Cades e a ABRAz/Rio Branco, em consonância com outros órgãos, recebeu como forma de doação uma máquina que produz fraldas geriátricas para serão doadas a pessoas cadastradas no próprio Cades e que comprove as necessidades do uso das fraudas.

Sobre a doença 

O mal de alzheimer é uma doença neuro-degenerativa que provoca o declínio das funções intelectuais, reduzindo as capacidades de trabalho e relação social, interferindo assim no comportamento e na personalidade das vítimas. De início, o paciente começa a perder a memória mais recente.

Com a evolução do quadro, a enfermidade causa grande impacto no cotidiano das pessoas, além de afetar a capacidade de aprendizado, atenção, orientação, compreensão e linguagem.

Dessa forma o doente fica cada vez mais dependente da ajuda dos outros, até mesmo para rotinas básicas, como a higiene pessoal e a alimentação.

Como procurar atendimento?

Para quem busca qualquer tipo de orientação sobre alzheimer, basta se dirigir à sede da Cades, localizada na Avenida Getúlio Vargas, 595, onde funciona o escritório da ABRAz.

 Por Marcelo Torres
Fonte agencia.ac.gov.br

 

Comentários