Com R$ 38,8 milhões investidos, governo promove desenvolvimento sustentável no Juruá

Publicado em 17/07/2017 - 19:19

(Foto: Arison Jardim)

A política de desenvolvimento sustentável executada pelo governo do Acre tem resultado na melhoria da qualidade de vida dos acreanos, conservação do meio ambiente, crescimento produtivo e socioeconômico do estado. Na zona rural, os investimentos fortaleceram a produção agrícola, dando autonomia e segurança aos produtores, indígenas e extrativistas.

Somente no Complexo de Florestas Estaduais do Rio Gregório e entorno, o governo do Estado aportou, entre 2011 e 2017, R$ 38,8 milhões. Na manhã deste sábado, 15, o governador Tião Viana, acompanhado da vice Nazareth Araújo, secretários, parlamentares e lideranças da região, consolidou o investimento de R$ 14 milhões, beneficiando 1.081 famílias no Juruá, por meio de programas e ações da Secretaria de Meio Ambiente (Sema).

A solenidade promovida na Comunidade do Liberdade, no Vale do Juruá, foi marcada por muita comoção. O sonho da casa própria se tornou real para 60 famílias, que foram contempladas com as residências custeadas pelo Programa Nacional de Habitação Ruaral (PNHR), em um investimento de R$ 1,8 milhão do Estado, financiado pelo Banco do Brasil.

Do montante, outros R$ 10 milhões foram destinados ao fortalecimento das cadeias produtivas florestais madeireiras e não madeireiras, por meio do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Acre (PDSA fase 2), somando-se à entrega de R$ 491,3 mil em bônus ambiental, para 560 contemplados pelo Programa de Certificação de Unidades Produtivas Sustentáveis, financiado pelo Fundo Amazônia, gerenciado pelo BNDES.

Trabalhadores rurais receberam bonificação por produzirem preservando o meio ambiente (Foto: Val Fernandes/Secom)

“Nós acreditamos e defendemos que todas as comunidades têm o direito de se fortalecer e serem felizes. Os moradores das florestas têm a missão de preservar o meio ambiente e constituir direitos para que seus filhos vivam melhor e tenham um futuro. E foi isso que o Acre escolheu: conservar a natureza e assegurar o bom uso da terra”, ressaltou Tião Viana.

Além de realizar a entrega das residências e pagamento do bônus ambiental, o governador beneficiou as cooperativas com a aquisição de veículos e motocicletas e inaugurou o Centro de Comercialização do Liberdade – um espaço (mercado) construído às margens do rio – para armazenar e facilitar a venda dos produtos agrícolas da região.

Cleomilton Rocha de Oliveira, presidente da Associação Agroextrativista São Francisco de Assis, destacou os avanços. “Antes da Frente Popular no Acre, o produtor não tinha como sair daqui com um quilo de farinha para vender no mercado, pois não existia estrada e nós vivíamos isolados. Hoje, os investimentos na área rural desenvolveram as nossas comunidades. Temos até um Centro de Comercialização que vai atender para mais de 800 famílias. Somos prioridade nessa gestão”, afirmou Xuxa, como é conhecido o produtor.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, Edegard de Deus, a política de desenvolvimento sustentável garante a conservação da floresta e aumento produtivo. “O uso da terra de maneira racional e inteligente é fantástico e tem levado cidadania aos moradores das florestas do Acre. Podemos constatar com isso que, o meio ambiente está ajundando a melhorar a vida dos acreanos”, salientou.

A vice-governadora Nazareth Araújo falou de sua alegria em ver a transformação social da região. “É muito satisfatório compor um governo que se preocupa com o outro, especialmente pelo meu legado familiar. Meu pai sempre sonhou em ver os produtores rurais, as famílias que vivem dentro da floresta tendo acesso à educação, sendo proprietárias de suas terras, produzindo e felizes. Este momento representa a celebração do trabalho de muitas pessoas”, frisou.

O sonho da casa própria

Governador e equipe também entregaram casas para produtores rurais (Foto: Val Fernandes/Secom)

 Aos 74 anos, Maria do Juvêncio dos Santos, produtora rural da Resex do Rio Liberdade, realizou o sonho da casa própria. A família dela e de outros 59 produtores foram contempladas com as unidades habitacionais do PNHR, entregues na manhã deste sábado, 15.

“Pra nós é uma alegria muito grande receber essa casa, pois meu marido não tem mais resistência de construir uma casa assim”, salientou a produtrura.

Francisco da Conceição, mais conhecido por Chico Balde e esposo de Maria, 77 anos, não conteve as lágrimas ao entrar no imóvel. “Olho para a minha casa e não acredito, achei que isso nunca fosse acontecer. Via outras pessoas ganhando e nada da minha vez chegar. Hoje, estou aqui, com o governador me entregando a chave pessoalmente. Estou que não me aguento de tanta felicidade”, relatou.

Mãe de dois filhos, a jovem senhora Francisca Erilândia Firmino, 28 anos, também não conseguiu controlar a emoção ao receber a chave da casa nova. “Eu não tinha nenhuma casa para morar com meus filhos e hoje eu tenho. Só tenho a agradecer ao governo, muito obrigada mesmo”, concluiu.

O que disseram

Tião Viana tem distribuído poder aos moradores da floresta. Um poder que ficava restrito ao povo das cidades e agora potencializa o setor produtivo, gerando qualidade de vida e crescimento socioeconômico no Acre

Moisés Diniz, deputado estadual

A Assembleia Legislativa tem papel importante na garantia da governabilidade de uma gestão. Para algo, do tamanho que está acontecendo aqui, acontecer, nós precisamos que a Aleac esteja comprometida, com parlamentares compromissados. Tenho orgulho de presenciar a revolução que o Estado tem propiciado no setor rural e fazer parte da bancada que deu condições para que isso fosse possível

Ney Amorim, presidente da ALEAC

Só quem faz um investimento assim é quem tem respeito pela população rural, e o governador Tião Viana mais uma vez investe na região. Isso é compromisso com a política e com o setor rural, de um governador que incentiva a produção e conserva as florestas

Lourival Marques, deputado estadual

Tião Viana demonstra seu compromisso através de investimentos assim, que já chegam a quase R$ 40 milhões. Sou testemunha do compromisso assumido pelo Estado com o povo do Juruá

Josa da Farmácia, deputado estadual

Não existiu nenhum projeto de inclusão, promoção e fortalecimento para a zona rural como o que é desenvolvido pela Frente Popular

Jenilson Leite, deputado estadual

Esse investimento de quase R$ 40 milhões reflete diretamente na economia do estado. Pois, quando a produção está fortalecida, todos os setores ganham: educação, saúde e segurança. Por isso a importância de se ter uma gestão comprometida com o povo, como é a do Tião Viana

Daniel Zen, deputado estadual

Me lembro que antes do Tião Viana ser governador, as pessoas que trabalhavam com madeira eram tidas como criminosas. E o que nós vemos hoje é outra realidade, vemos uma gestão que desenvolve políticas de manejo madeireiro sustentável. Parabéns por estarem sendo contemplados, pois vocês fizeram por merecer esse apoio

Perpétua Almeida

 

Comentários